Maracaju: Departamento de Endemias alerta contra a dengue

A Chegada do verão, o aumento das chuvas e do calor sem contar que os dias ficam mais longos, já coloca o Departamento de Endemias em alerta.

O Clima quente e úmido pode aumentar a proliferação do Aedes Aegypti, (mosquito da dengue), devido que todos os fatores citados são favoráveis para a eclosão dos ovos do mosquito.

Dados levantados pela Secretaria de Saúde e Departamento de Endemias, mostram que desde janeiro de 2016 foram notificados 355 casos de dengue em Maracaju; já de janeiro a dezembro de 2015 o índice foi de 931 casos.

O Coordenador de Endemias Mario Zan Queiroz Batista, alerta que os ovos do mosquito podem permanecer viáveis por até um ano sem água, mas assim que entrarem em contato eclodem em questão de horas.

Como devemos agir para evitar a proliferação, Marinho alerta: Eliminando todos os criadouros do mosquito e reservatórios de água parada.

Colocar areia nos pratinhos dos vasos de plantas, evitando o acúmulo de água estagnada.

Lavando e escovando bebedouros dos animais, são algumas das principais ações.

“ Se cada morador inspecionar o seu quintal, pelo menos uma vez na semana; eliminando os possíveis criadouro do mosquito, e fazendo uma limpeza geral; Maracaju não terá novamente uma epidemia de dengue” concluiu Batista.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter